Alimentação Saudável: Por Onde Começar?

Antes de buscar um passo a passo para, de fato, ter uma alimentação saudável, é preciso compreender o significado de alguns termos relacionados ao assunto. Alimentação saudável pode ser definida como a ingestão de todos os grupos de alimentos insubstituíveis e indispensáveis para o bom funcionamento do organismo na dieta diária, ou seja, água, carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, fibras e minerais. Aqueles que tentam implementar uma dieta equilibrada devem ter em mente que nenhum alimento é suficiente para fornecer todos os nutrientes necessários a uma boa alimentação. A única exceção é o leite materno, que propicia uma nutrição completa ao ser humano nos primeiros meses de vida.

Muito se fala em dieta, mas poucos entendem, de fato, esse termo. O conceito da palavra provém do grego “díaita”, que significa “modo de vida”. A dieta é, portanto, um hábito e representa uma forma de viver e não apenas regimes alimentares especiais para perda de peso, para hipertrofia ou para o combate de doenças. Na verdade, independente do objetivo ou a forma de fazer, o ser humano está sempre em dieta, mesmo quando não está ingerindo o que o corpo necessita naquele determinado momento.

A formação dos hábitos alimentares, por sua vez, é adquirida de forma gradual, principalmente durante a primeira infância, quando o ser humano abandona o leite materno e dá início à introdução de novos alimentos. Muitas vezes, por falta de conhecimento, os pais realizam essa tarefa de forma intuitiva, cometendo muitos erros que acabam refletindo na vida adulta. Um excelente exemplo disso é o comportamento alimentar de comer para gerar conforto quando se está triste ou ansioso, ou comer até o prato estar totalmente limpo, não respeitando o apetite da criança.

A sociedade vive em uma busca cada vez mais frenética por um corpo esteticamente melhor. Nessa caminhada, muitos acabam recorrendo a dietas extremamente restritivas para obter resultados rápidos, principalmente em períodos que antecedem eventos importantes ou o verão. Como mencionado anteriormente, contudo, dieta é um modo de vida. Dessa forma, para a obtenção de resultados satisfatórios e duradouros, é necessária uma mudança na forma de pensar e de agir em relação à alimentação.

Partindo dessa primícia, segue, abaixo, um passo a passo para aqueles que não querem perder mais tempo e estão dispostos a encararem essa mudança. Pegue um caderno e um lápis e anote tudo o que for necessário. Não deixe de fazer esse exercício de escrita, pois um estudo publicado na Revista Pyichological mostrou que o estímulo ao cérebro é maior quando os teclados são deixados de lado. Escrever com lápis ou com caneta, além de ser mais desafiador para o cérebro, ativa a memória, a criatividade e o aprendizado das palavras. Portanto, ESCREVA!

1º PASSO: ESQUEÇA

Sim, esqueça que terá um início e um fim. Dieta não tem data para acabar. Lembre-se que agora você está mudando a sua vida, os seus hábitos e a sua forma de viver e de pensar. Ela terá, sim, momentos diferentes, mas não um fim.

2º PASSO: ORDEM

Coloque ordem na sua casa! Para levar uma vida mais saudável é necessário ter organização. Se você for uma pessoa desorganizada, dificilmente conseguirá organizar as suas refeições e na segunda semana já estará desistindo. Olhe ao seu redor. Avalie como está a sua vida, o seu quarto, o seu guarda roupa etc. O seu corpo é apenas um reflexo da bagunça interna e externa, da insatisfação, entre outros. Faça perguntas a si mesmo, como: “Por que estou assim?” “Onde eu gostaria de estar?” “O que eu quero fazer?” “Por que não estou fazendo o que realmente quero?” “Como quero estar daqui um mês, um ano, dez anos?” Procure estudar sobre organização e gestão de tempo e aplique todo o conhecimento adquirido.

3º PASSO: REGISTRE TUDO

Faça um diário alimentar. Essa é uma ferramenta frequentemente solicitada por nutricionistas aos seus pacientes, pois por meio dela é possível identificar minúcias que, às vezes, acabam passando despercebidas na correria do dia a dia. Aqui, você poderá identificar o que está comendo e por que está comendo ou deixando de comer. Para isso, contudo, é preciso anotar tudo, até mesmo beliscos, balas e afins. Anote o alimento, a quantidade, o horário, a companhia e o sentimento naquele momento.

4º PASSO: RETIRE

Essa parte vai doer, mas trará a ordem que o seu corpo precisa. Não coma por comer. Não coma tudo o que tem vontade, mas sim o que o seu corpo precisa. Se, ao anotar no seu diário, você observar estes alimentos em excesso, comece a tirá-los: refrigerantes (mesmo os zeros), sucos em pó, enlatados, embutidos, comida congelada, salgados, doces, guloseimas e produtos de padaria (farinha refinada, roscas, bolachas etc).

5º PASSO: ADICIONE
Coloque comida de verdade na sua dieta. Alimentos pouco processados (verduras, frutas, iogurtes magros, cerais integrais, leites magros etc) são sempre bem-vindos!

6º PASSO: MOVA-SE

Tire o corpo do sofá e movimente-se! Ao retirar o excesso de gorduras e de açúcares da alimentação e adicionar nutrientes, o seu corpo estará pronto para se movimentar. Não vá em lojas ou em farmácias a procura de suplementos milagrosos na tentativa de não ter esforço algum. Pegue esse dinheiro e pague um personal trainner para te ensinar o que é treino de verdade. E esqueça telefone e conversinhas durante o exercício. Não existe resultado sem esforço.

7º PASSO: BUSQUE

Após todas essas mudanças, que podem parecer fáceis, mas não são, é hora de buscar a ajuda de um profissional nutricionista para adequar a sua alimentação à sua rotina de trabalho e ao seu treino. Ele te ajudará a começar um processo de educação nutricional, mostrando o caminho mais adequado para a sua realidade e para a sua necessidade. Não tente passar por toda essa mudança sozinho ou com a dieta de um amigo que não funcionará. Você apenas continuará dando voltas, distanciando-se cada vez mais da sua meta.

Seguindo esses sete passos, você poderá iniciar as mudanças que transformarão a sua vida, gerando muito mais prazer, saúde, energia, vitalidade e disposição. Em cada uma das fases é importante seguir sempre com consistência e com persistência. Se cair, levante-se e faça novamente, mas não desista, jamais.

Cuide da sua saúde!

Click Ideal Equilíbrio

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.