AS GERAÇÕES X, Y E Z E SUAS CARACTERÍSTICAS – PROJETO PARCEIRO LUZ

 

QUAL É A SUA GERAÇÃO?

 

Conheça um pouco mais sobre essas três gerações, que compreendem pessoas nascidas desde o início dos anos 60 até os dias atuais.

A Geração X

Essa geração inclui aqueles que nasceram no início de 1960 até o início dos anos 80.

É um grupo identificado como jovem, mas sem uma identidade aparente. Este grupo enfrentaria um mal incerto, um futuro aparentemente hostil.

Acontece que a geração X cresceu, passou pela fase hippie, teve ideais, esqueceu-se dos problemas que lhes foram empregados e foi fazer carreira no mercado. Essa geração viu surgir o computador pessoal, a internet, o celular, a impressora, o Email, etc.

Grande parte dessa geração chegou a sua idade adulta com sonhos e descobriu que muito deles, não passariam de sonhos, pois o caminho é longo e o preço bem alto. Enquanto isso, viram seus filhos crescerem em um mundo diferente do que eles conheceram quando jovens.

 

Algumas características de pessoas da geração X:

  • Busca da individualidade sem a perda da convivência em grupo;

  • Maturidade e escolha de produtos de qualidade e inteligência;

  • Ruptura com as gerações anteriores e seus paradigmas;

  • Busca maior por seus direitos;

  • Preparação e preocupação maior com as gerações futuras;

  • Procura de liberdade.

A Geração Y

Compreende aqueles que nasceram no fim dos anos 70 e início dos anos 90, essa é a geração da liberdade e da inovação.

Foi a geração que desenvolveu-se em uma época marcada pelo avanço da tecnologia e prosperidade econômica. As crianças da geração Y cresceram tendo o que muitos de seus pais não tiveram, como TV a cabo, videogames, computadores e muito mais.

A geração Y cresceu rodeada de facilidades oferecidas por seus pais, que obviamente queriam dar uma vida melhor do que aquela que tiveram, para seus filhos.

Se a geração X viu a tecnologia nascer, foi a vez da tecnologia ver a geração Y nascer e os acompanhar desde pequenos.

Jovens desta geração têm como hábito ser tão multitarefas, podendo ao mesmo tempo trabalhar em mais de um projeto, responder e-mails, acompanhar as notícias através de algum site, conversar com os colegas de trabalho, conversar com os amigos online, ouvir música e dar atenção às redes sociais.

Os jovens da geração Y foram acostumados a conseguir o que querem, não se sujeitam às tarefas subalternas de início de carreira e por isso lutam por salários ambiciosos desde cedo. É comum que os jovens dessa geração troquem de emprego com frequência em busca de oportunidades que ofereçam maiores desafios e crescimento profissional.

Trata-se da primeira geração verdadeiramente globalizada, que cresceu com a tecnologia e a usa desde a primeira infância.

A tecnologia e os dispositivos móveis permitiram a comunicação entre si como nenhuma outra geração o tinha feito anteriormente, permitindo partilhar experiências, trocar impressões, comparar, aconselhar, criar e divulgar conteúdos, que são o fundamento das redes sociais.

Algumas características de pessoas da geração Y:

  • Estão sempre conectados;

  • Procuram informação fácil e imediata;

  • Digitam ao invés de escrever;

  • Preferem emails a cartas;

  • Vivem em redes de relacionamento virtuais;

  • Compartilham tudo o que é seu: dados, fotos, hábitos. etc;

  • Estão sempre em busca de novas tecnologias;

  • Tem um grande fluxo de informações diariamente.

A Geração Z

Compreende os nascidos entre 1992 a 2010 e está ligada intimamente à expansão exponencial da internet e dos aparelhos tecnológicos.

As pessoas da Geração Z são conhecidas por serem “nativas digitais”, estando desde pequenos já familiarizadas com a internet e todas suas possibilidades, com o compartilhamento de arquivos constantes, com os smartphones, tablets, e principalmente estando sempre conectadas e “ligadas” ao que acontece em tempo real.

Integrantes desta geração nunca viram o mundo sem computadores. E como informação não lhes falta, estão um passo à frente dos mais velhos, concentrados em adaptar-se aos novos tempos.

A Geração Z é um tanto quanto desconfiada quando o assunto é carreira de sucesso e seus estudos, a maioria já não acredita mais em fazer uma só coisa para o resto da vida ou passar sua vida profissional inteira em uma só empresa.

Algumas características de pessoas da geração Z:

  • Desapegado das fronteiras geográficas;

  • Demasiados ansiosos;

  • Falta de intimidade e relação social;

  • Forte responsabilidade social;

  • Necessidade extrema de interação e exposição de opinião.

FONTE: REDAÇÃO SUCESSO JOVEM

 

COMO SOLUCIONAR OS PROBLEMAS ENTRE AS GERAÇÕES.

Por Sarah Newton

Não há dúvidas de que os perfis de trabalhadores disponíveis no mercado se tornaram mais variados, em todos os sentidos. Desde a presença de diferentes gerações trabalhando juntas, os idosos se aposentando mais tarde, o gap existente entre as crenças dos jovens e os mais velhos, até o uso da tecnologia: tudo isso criou desafios com os quais os gestores precisam lidar.

De acordo com Bob Weinstein, da Troy Media, o livro “Gerações: dos baby boomers à geração Y – solucionando os conflitos entre gerações no mercado de trabalho” oferece as seguintes dicas para lidar com tal panorama:

1. Entenda os diferentes estilos de trabalho. Os baby boomers não gostam de ser gerenciados nos mínimos detalhes, enquanto a geração Y preza por instruções específicas para realizar tarefas. Vale lembrar que, ainda que os boomers não apreciem ser monitorados, gostam de saber do processo, entender como tudo é realizado e fazer parte. A geração Y visa mais a estrutura e o resultado final do processo, mas quer tomar suas próprias decisões e receber feedback ao longo do caminho. Portanto, os mais velhos desejam saber o “como”, enquanto os jovens querem saber o “porquê”.

 

  1. Leve em conta os valores.Cada geração protege seus valores e os conflitos podem ser uma ameaça a eles. Por exemplo, os baby boomers valorizam espírito de equipe, cooperação e comprometimento, enquanto a geração X prefere tomar uma decisão unilateral e agir, de forma isolada. Já a geração Y valoriza equipes abertas e honestas, que colaborem juntas – e gosta de ter muitas opções para escolher entre elas.

 

  1. Compartilhe percepções.Quando funcionários de duas ou mais gerações estão envolvidos em um conflito no ambiente de trabalho, eles podem estabelecer um bom diálogo compartilhando suas opiniões. Os mais velhos podem sentir a falta de formalidade e o jeito, talvez, ofensivo dos Y’s, enquanto os jovens podem se sentir desrespeitados se os boomers não valorizam suas percepções e insights. É válido ter grupos distintos criando quadros com pontos de vista que mais valorizam. Funciona como um lembrete visual a todos e mostra, de maneira clara, a diferença entre as gerações, além de ser uma atividade divertida que não julga se são errados ou certos os valores de cada pessoa, apenas respeitando-os.

 

  1. Valorize o melhor de cada geração.Você não pode mudar as experiências de vida das pessoas, mas pode trabalhar para que as atitudes no ambiente de trabalho e as expectativas delas sejam as melhores possíveis. Um boomer conhecedor do mercado, que é frustrado pela falta de experiência demonstrada por um Y pode, por meio de sua autoestima e bom senso, se tornar um mentor. Pelo que tenho visto em minha experiência, se você quer resolver problemas com uma solução criativa, vá em direção aos jovens. Estudos mostram que as pessoas imersas na tecnologia digital são 10% melhores na resolução de problemas do que seus parceiros mais velhos. Não acredite que as decisões e soluções possam vir apenas dos mais experientes. Os Ys são a geração mais criativa que temos visto nos últimos tempos. Utilize as habilidades de cada geração da melhor forma possível!

 

  1. Busque pontos em comum.A geração Y tende a valorizar segurança e estabilidade. Já os boomers são mais resistentes a mudanças, mas ambos atribuem importância a treinamento e desenvolvimento. Tanto X’s como Y’s depositam um grande valor na flexibilidade do ambiente de trabalho, além de prezarem o balanço entre vida pessoal e profissional. Os boomers e os Ys se sentem mais confortáveis com a diversidade e estilos de vida alternativos. Descubra os pontos em comum e também as diferenças entre as gerações. Ajude-os a perceber, em equipe, como eles podem utilizar suas forças em conjunto. Traga até eles a consciência sobre o ciclo de gerações para que descubram onde se encaixam.

 

  1. Aprenda com os demais.Cada geração possui lições valiosas para ensinar umas às outras. Os boomers têm a sabedoria, o conhecimento e os “truques” de que os jovens precisam. A geração X é conhecida por sua lealdade e habilidade de mediação. Já a geração Y está mais antenada ao ambiente de trabalho do futuro, ao marketing e às tendências de mercado.

Se possível, vá mais um passo adiante! Promova um dia de troca de habilidades, em que membros de uma geração ensinam aos membros de outra alguma habilidade especifica. Não seria divertido?

FONTE: http://www.focoemgeracoes.com.br/

Boa leitura 

Click Ideal Equilíbrio

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.