EQUILÍBRIO EMOCIONAL – DICAS

Equilíbrio emocional é a nossa capacidade de lidar com situações complicadas, com consciência, calma e ponderação. As adversidades da vida são inevitáveis e diárias.  A todo instante nos deparamos com algo que sai do nosso controle, ou que não aconteceu como deveria. O equilíbrio emocional nos ajuda a identificar os problemas e agir de forma a encontrar soluções mais concretas. Porque todo mundo sabe: estresse e falta de controle emocional não resolve problema nenhum, muito pelo contrário!

Equilíbrio é a habilidade de olhar para a vida a partir de uma perspectiva clara – fazer a coisa certa no momento certo. Uma pessoa equilibrada será capaz de apreciar a beleza e o significado de cada situação seja ela adversa ou favorável. Equilíbrio é a habilidade de aprender com a situação e de prosseguir com sentimentos positivos. É estar sempre alerta, ser totalmente focado, e ter uma visão ampla. Equilíbrio vem do entendimento, humildade e tolerância. O mais elevado estado de equilíbrio é voar livre de tudo e, ainda assim, manter-se firmemente enraizado na realidade do mundo.

Brahma Kumaris

Muita gente tem dificuldade para alcançar o equilíbrio pessoal, pois a rotina por vezes impede que haja uma dedicação com mais afinco à vida particular. Além disso, o dia a dia no trabalho também pode contribuir para essa dificuldade. Para que você encontre o tão desejado equilíbrio em sua vida, confira os pontos abaixo e faça uma reflexão. Analise com calma ponto a ponto e no final, comprometa-se com essa meta: alcançar o seu equilíbrio pessoal.

 

cuerpo-sano-y-en-equilibrio-mc3a1quinas-ionicas-jth

16 DICAS PARA ALCANÇAR O EQUILÍBRIO EMOCIONAL

1- Saiba aquilo que te incomoda

Esse é o primeiro passo para buscar equilíbrio pessoal. Tenha em mente o que lhe incomoda, atrapalha ou desgasta. Avalie os aspectos que compõem a sua vida e classifique cada um em uma escala de satisfação, pois é importante que você saiba  a forma como você percebe os seus próprios problemas.

2- Definindo as metas e objetivos

Você precisa definir onde deseja chegar, tendo em mente os seus objetivos de forma clara. A boa administração do seu tempo e um planejamento eficaz faz estes dois elementos fundamentais para que você alcance o equilíbrio pessoal.

3- Priorizando o que é relevante

Com menos procrastinação e priorizando os aspectos da sua vida que são realmente relevantes. Você notará quais são as suas verdadeiras necessidades e traçará de maneira eficaz as pautas da sua própria vida.

4- Eficiência na organização do seu tempo

Compromissos de trabalho não podem afetar o seu relacionamento com a sua família, principalmente por conta da má administração do tempo. Exceções acontecem, mas tornar isso um hábito afetará a sua relação com os seus familiares. Organizando-se e sendo eficiente durante o horário de trabalho, você será mais produtivo e terá o tempo necessário para dedicar aos mais próximos.

5- Valorizando trabalho em equipe

Se em uma organização trabalhar em equipe proporciona mais conquistas, na vida pessoal é a mesma coisa. Alinhando os seus planos e expectativas com quem faz parte da sua rotina faz com que o crescimento não seja isolado, mas de todos.

6- Harmonia na convivência

Antes de falar, é importante saber ouvir. Lidar bem com as críticas e os pontos de vistas distintos é importante para manter a harmonia na convivência com os demais. Ouvindo mais, você conseguirá analisar com clareza o que cada pessoa deseja ou pensa sobre determinado assunto. Assim fica bem mais fácil ajudar.

7- Acreditando no seu potencial

Você tem total capacidade de administrar os seus problemas e alcançar o seu equilíbrio pessoal. As respostas para todas as suas perguntas estão dentro de si, assim como a força necessária para lidar com as mais complexas adversidades que a vida impõe.

8- Se cuide sempre

Encontre tempo para o seu descanso. Os exercícios físicos e o relaxamento não podem faltar. Arrume tempo na sua agenda diária para essas atividades se deseja alcançar uma vida saudável e equilibrada. A boa aparência física  aumenta nossa dignidade e autorrespeito.

9- Cultivar a gratidão

Cultivar a gratidão implica não apenas ouvir a mente, mas também o coração, ouvir e senti-lo, e deixar que se exprima nas coisas mais simples. Quando nos sentimos gratos pelo milagre que é acordar todas as manhãs, num corpo que esteve a funcionar “sozinho”, pela dádiva que é respirar, abrir os braços e sentir o sol a preencher-nos, sentir a água na pele, dar um abraço, ouvir o cantodo pássaro; só quando nos sentimos gratos pelo milagre que a vida representa estamos no caminho para a verdadeira descoberta de nós próprios, de qual a nossa missão conosco e com os outros. Sinta-se, pois, muito grato à vida diariamente, até pelas experiências “mais simples”, pois cada momento que vivemos é um presente que nos é oferecido e por isso é valioso; e, em simultâneo, esteja consciente de que as experiências desfavoráveis nos são apresentadas com um propósito, pelo que procure não sucumbir às mesmas, encarando-as como aprendizagem e desafios a ultrapassar.

10- Não se apoie em expectativas

Segundo o dicionário Priberam, expectativa é “Esperança baseada em supostos direitos, probabilidades, pressupostos ou promessas”. Você pode ter suas expectativas, mas nunca se apoie a elas. Apoie-se aos planos, metas, objetivos etc. Em grande parte do tempo, as coisas não saem como o planejado, por isso, se seu emocional estiver apoiado em expectativa, ele ficará comprometido abalado. O equilíbrio emocional abalado acarreta em diversas atitudes negativas. Entre outras coisas, ficamos nervosos, abalados, frágeis, perdemos o foco e, algumas vezes, adquirimos problemas com a postura. Nenhuma dessas opções, são favoráveis, seja uma situação amorosa ou de trabalho. Por tanto, não mantenha sua expectativa alta. Para isso, simplesmente não se apoie nelas. Bons líderes não têm o emocional abalado e conseguem tomar decisões em situações de tensão, justamente por não se apoiarem em expectativas. Eles estão o tempo inteiro, preparados para situações adversas.

11- Busque soluções

No mundo dos negócios é muito dito para “pensar fora da caixa”. Isso se aplica a tudo, inclusive em “agir fora da caixa”. Saia de sua zona de conforto. Procure ser um “solucionador” de problemas. Tanto em sua empresa quanto em sua vida pessoal. Quando tudo começa a dar errado, não foque no problema, foque nas causas dele, na solução e busque agir na raiz. Se seu relacionamento não anda bem, não adianta buscar atitudes que camuflem o problema, como um jantar romântico. É preciso entender o que está errado para que possa resolver qualquer questão.

Em seu trabalho, se algo está indo mal, mesmo que não faça parte de uma função sua, busque uma solução. Enfrentar os problemas, encontrar a causa e uma solução, irá fortalecer seu sistema emocional. E isso irá, inclusive, te ajudar a enfrentar e solucionar mais problemas.

12- Fonte de Inspiração

Após ter a capacidade de manter seu equilíbrio emocional, é preciso mantê-lo assim, mas não é uma tarefa simples. O que irá ajudar, e muito, é ter sempre uma razão clara para cada ação que irá fazer. Um objetivo bem específico. Busque se perguntar “por que estou fazendo isso”. Se a resposta não for favorável, muitas vezes seguidas, algo está errado.

Uma fonte de inspiração pode ser qualquer coisa que torne claro o motivo de estar fazendo tal atitude. Isso irá manter forte seu equilíbrio emocional. Por exemplo, se quiser emagrecer, mas na primeira semana tiver engordado… a desmotivação é provável. Mas, com um objetivo bem definido (fonte de inspiração) seu emocional estará fortalecido e essa semana não será o suficiente para te desmotivar.

13- Saiba seguir em frente

Mesmo que o seu lado emocional seja equilibrado, e tenha grande parte de suas escolhas sob controle, é importante saber que a qualquer momento, tudo pode dar errado. Você pode fracassar. Segundo o Dr. Sean Richardson, em uma palestra no TEDx em 2011, “aceitar o fracasso, ficar bem em não conseguir exatamente o que quer neste momento, é a melhor estratégia para o sucesso. Mas é preciso força emocional”. Logo, conseguir e manter fortificado o seu equilíbrio emocional, é importante, não apenas para conseguir algo, mas também deixar algo para trás, mesmo que por algum momento. Assim, você irá conseguir se focar para obter outras conquistas, ou mesmo retomar um objeto.

14- Faça o que gosta

É preciso ter satisfação na vida. Ela é uma emoção que faz com que a pessoa sinta bem-estar, amor por si e pelos outros. Ter um hobby, fazer uma atividade física, sair com os amigos ou com a família, todos esses são hábitos que geram satisfação e vontade de desfrutar bem os prazeres da vida.

15- Evite o isolamento

A solidão é uma experiência que deve ser vivida dentro dos seus limites e é necessária muita maturidade para isso. Mesmo que você goste dos seus momentos de solidão, nunca deixe ultrapassar a normalidade. Procure pessoas, faça amigos, esteja com eles, converse e se distraia.

16- Tenha sonhos e objetivos

Os sonhos alimentam nossa alma, nos faz ter vontade de viver e predisposição para a felicidade. Pense no que você quer conquistar, anote suas metas, estabeleça prazos. Ocupe-se com os seus sonhos e corra atrás deles.

Na verdade existem muitas formas de prevenir problemas de ordem mental e emocional. Muitos hábitos podem ajudar como ter um animal de estimação, estabelecer um diálogo saudável em família, estudar, fazer parte de um grupo, enfim, são muitas as possibilidades e isso pode variar de acordo com cada pessoa. O que importa é ter a consciência de que o cuidado é a chave para uma boa saúde. Não dê muita importância ao que é negativo, não comprometa sua saúde alimentando raiva e ressentimentos. Lembre-se que a harmonia parte do comportamento de cada um de nós.

Click Ideal Equilíbrio

 

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.