INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Já pensou em gerenciar suas emoções para quando você precisa?

Isso é ter inteligência Emocional.

O primeiro passo para isso é conhecer bem o que quer, e ter a ciência clara e absoluta dos seus atos. Quando você é capaz de identificar suas emoções no momento em que esteja mais alterado emocionalmente, você está reconhecendo suas ações e comportamentos. E é nesse momento que você pode ainda identificar o que as suas emoções causam em você. Isso no seu corpo físico, emocional, intelectual e espiritual.

Quando você tem claro o que quer e deseja para a sua vida e então se reconhece. Você pode a começar a identificar se os seus comportamentos emocionais o aproximam ou afastam de onde quer chegar.

E se você já chegou a este ponto e necessita então mudar a sua emoção por que percebe que ela a prejudica e/ou limita então tire de você mesmo a energia que precisa. Faça isso perguntando-se:

  • O que me deixa muito feliz?

  • O que eu faço que me dá prazer?

  • Quais são as emoções mais gostosas que já senti? O que eu estava fazendo? E com quem?

  • Que momento de minha vida que eu me orgulho muito? Como eu era nesse momento?

Isso mesmo! Simples assim! É encontrar o gatilho fazendo perguntas sobre você, seus momentos bons, divertidos, alegres, poderosos, mesmo que você esteja numa pior, duvido que nunca sentiu umas dessas emoções positivas.

Vai lá! Resgate elas para você. Elas são os seus gatilhos, que vai fazer com que você implemente ações positivas para acionar a emoção positiva que você precisa no momento.

Quer fortalecer esses gatilhos? Então comece a treinar. Isso mesmo o exercício emocional existe e permite que você se aprimore, crie músculos emocionais, para ser mais resistentes e fortalecidos no momento em que precisa convocar uma emoção ao seu favor.

Comece treinando a sua paciência, provavelmente você odeia algo, como também ama. Então quero que você identifique a sua paciência.

  • Como é quando você fica impaciente?

  • Como você fica? Fisicamente, Emocionalmente, Intelectualmente e Espiritualmente?

  • Agora pense em três situações, pessoas que você despreza muito.

  • Identifique as características que detesta.

  • Pense também em três situações, pessoas que você ama muito.

  • Identifique as características que ama.

Você tem aqui um lado que odeia e um lado que ama, quer praticar a sua paciência? Então faça um desafio e passe a tratar as situações, pessoas que odeia com as características e ações que você ama. Como disse desafio mesmo. Como será ouvir com amor àquela pessoa que você nunca tem paciência e tempo pra ela?

Nesse treino prático, você vai identificar que muita falta de paciência está dento da gente mesmo, e provavelmente aquilo que você odeia você faz, mesmo não querendo fazer, você faz até em menor intensidade pode ser, mas admita você faz!

Hora de olhar para você e se reconhecer, para então mudar. Não vai querer ficar com o que odeia dentro de você não é?

Então vamos lá, força para agir, coragem para enfrentar. Você é maior do que as suas emoções. Você é um verdadeiro vencedor.

Vamos juntos!

Coach Silmara

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.