NOSSAS CRENÇAS

MUDE AS SUAS CRENÇAS: EVOLUA A SUA MENTE.

Crença é o estado psicológico em que um indivíduo detém uma proposição ou premissa para a verdade, ou ainda, uma opinião formada ou convicção.

Um dos maiores presentes que podemos ter na vida, e digo isso literalmente, é saber que podemos mudar às nossas crenças. Este conhecimento é revolucionário, extraordinário e  renovador. Saber que podemos realmente mudar as nossas crenças, principalmente aquelas que foram inúteis e permaneceram inalteráveis dentro de nós durante anos. Nós temos certas crenças dentro de nós, que nos incapacitam, prejudicando- nos  e atrapalhando  o bom desenvolvimento da vida.  Pretendo mostrar-lhe algumas maneiras de como pode desarmar, enfraquecer e substituir  as crenças incapacitantes que lhe prejudicam a vida. Pretendo esclarecê-lo e elucidá-lo da forma como aquilo que falamos, pensamos e acreditamos, influência todo o nosso organismo e consequentemente o nosso desenvolvimento.

As nossas crenças dão forma à nossa realidade, muito provavelmente a sua realidade é totalmente diferente da minha, é também diferente da do seu parceiro, colegas de trabalho, seus filhos, as pessoas ao seu redor. Você é único, e aquilo que faz de você uma pessoa diferente de tantas outras, são as crenças que tem acerca de si mesmo, dos outros e do mundo em geral. Pense nisso por um momento, pense que você “cria” o seu próprio mundo (formas de olhar as coisas, forma de agir e de pensar). Sim, nós compartilhamos um conjunto de construtos, mas efetivamente, você criou o mundo ao seu redor e criou a pessoa que você é hoje. Isto pode parecer-lhe demasiado radical e pragmático, mas se conseguir refletir sobre isso, se conseguir perceber que foi você que foi construindo a vida que tem agora, isso significa que pode alterá-la, pela simples razão que é o seu principal investidor.

 crenca-3

VOCÊ SENTE-SE PREPARADO PARA MUDAR ALGUMAS CRENÇAS NO SENTIDO DE IMPULSIONAR A SUA VIDA?

  • Como é que as crenças se formam?

  • Serão as suas crenças realmente suas?

Ninguém nasce com determinadas crenças. As crenças são adquiridas a partir de tenra idade e através da nossa experiência de vida. As coisas que lhe foram ditas e a forma como foram tratadas quando jovem, foram-se tornando na maneira que você pensa acerca de si mesmo, dos outros e do mundo, e tornaram-se nas suas crenças, quer o capacitem ou o derrotem.

A grande questão que importa você refletir e saber, é que as crenças pelas quais você orienta a sua vida não têm necessariamente de ser verdadeiras. Ou colocando este assunto numa perspectiva mais factual, as suas crenças não tem necessariamente de ser funcionais. Por outras palavras, podem prejudicá-lo, podem inibi-lo de progredir ou causar-lhe alguns problemas na sua vida. Só porque alguém nos disse que não pode ser alguém (bem sucedidos) ou fazer algo, não significa que temos de acreditar neles. Pare de orientar-se por crenças desanimadoras, incapacitantes, obtusas e demasiado rígidas! Eu sei que é difícil, mas não impossível.

Para facilitar o processo de identificação das crenças, questione-se:

  • O que é que eu acredito em mim?

  • Do que é que acho ser capaz?

  • O que é que eu acredito sobre o mundo?

  • O que é que eu acredito conseguir alcançar no futuro?

Depois de ter descoberto o que você acredita, é hora de decidir o que você deseja manter e o que você quer deixar fora. Que crenças eu quero mudar? O que eu quero começar a pensar sobre mim e sobre o meu futuro? Você pode decidir o que quer acreditar. Jogue fora as crenças autodestrutivas para que possa construir uma autoimagem bem sucedida e capacitadora de si mesmo.

 crenca-evolu

MUDE AS SUAS CRENÇAS E MELHORE A SUA VIDA

Nem sempre seguimos integralmente tudo aquilo que pensamos, no entanto aquilo em que acreditamos exerce uma grande influência sobre aquilo que pensamos e consequentemente nos nossos comportamentos e ações. De certa forma, as nossas crenças regulam o nosso comportamento e são responsáveis por grande parte das nossas decisões. Ou seja, na grande maioria das vezes nós fazemos aquilo em que acreditamos. Tudo o que pensa e seja suportado por aquilo que acredita tem uma probabilidade elevada de ser seguido por si mesmo. Se eu me sentir bem sobre algo, eu comporto-me de acordo com isso, e se eu me sinto mal com alguma coisa, e acredito que isso me prejudica, então eu vou-me afastar.

Isto é importante, porque aquilo que você pensar e acreditar vai influenciar grandemente o seu futuro. Por outras palavras, se você acha que nunca vai conseguir um novo emprego, começar a escrever um livro, ou ter um ótimo relacionamento, você não irá obter e/ou conseguir isso.

Citação:  Se você acha que pode, ou que não pode fazer alguma coisa, você tem sempre razão. – Henry Ford.

As suas crenças podem prendê-lo num ciclo de desamparo, incapacidade e desesperança, de tal forma que você nunca vê resultados positivos. Talvez você tenha implementando tantos pensamentos depreciativos na sua mente, que tenha criado um padrão autoderrotista de encarar a vida. O nosso diálogo interno (auto-verbalizações) até um determinado grau pode determinar a nossa autoimagem, autoconceito, autoestima e autoconfiança, formando uma construção que irá condicionar as crenças que temos. Se você conseguir mudar aquilo que pensa, o que diz e a ideia que tem acerca de si mesmo, ficará certamente mais capacitado para tomar as rédeas da sua vida e daquilo que quer conseguir fazer.

Recentemente, orientei uma leitora acerca de crenças negativas e gostaria de passar a vocês o mesmo exercício. O fluxo ou andamento de nossa vida é compreendido da seguinte forma: O que vai bem é porque está impulsionado e fundamentado em crenças positivas e promissoras. O que vai mal é porque está fundamentado por crenças negativas.

Logo, para se mudar determinada área da vida, é preciso mudar as crenças que são sua base. E para isso, existem alguns exercícios que podem ajudar a gravar em sua mente e campo energético novos comandos, mais positivos.

acredite

Para isso, sugiro este exercício simples, mas eficaz:

1- Escreva num papel quais são as coisas em sua vida que não estão boas.

2- Reflita sobre a forma como se sente em relação a elas, pois o seu sentir é seu ponto de atração. E se você se sente mal a respeito de alguma área de sua vida que está carente significa que nutre crenças e pensamentos negativos em relação a ela. Escreva isso também.

3- Relate todas as crenças negativas na frente de cada área que não vai bem. E pra saber quais são elas, basta perguntar a si mesmo como você enxerga essas questões, provavelmente vai encontrar crenças do tipo, “Isso é difícil” ou “isso nunca dá certo pra mim”, “Nunca tive sorte nessa área”. Tudo isso são crenças que mantêm aquilo dando errado. É necessário que reflita sobre suas conclusões e que acima de tudo, seja honesto e sincero consigo mesmo.

4- Após identificar quais são elas, escreva em outra página do caderno, as mesmas áreas da vida, só que desta vez, na frente, anote as crenças que deseja manter em relação a elas, escolha ideias positivas do tipo “Isso é fácil”, “Isso sempre flui pra mim em abundância” ou mesmo “Sou grato por ter isso”.

5- Faça um compromisso consigo mesmo de reafirmar para si tais coisas, sentir, validar, acreditar mesmo. Visualize circunstâncias e experiências já com os resultados almejados, enfim, invista o mesmo poder que nutriu para validar o ruim, naquilo que você deseja que floresça. E para saber se está funcionando, basta avaliar a forma como você se sentirá ao praticar o exercício.

Desejo equilíbrio e um bom entendimento de suas crenças

Click Ideal Equilíbrio

 

 

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.