RELAÇÃO COM COLEGAS TÓXICOS

 

Pessoas que parecem desconhecer as regras do bom convívio costumam minar o humor e a paciência dos colegas de trabalho e, nos casos mais graves, colocar em risco produtividade de quem é alvo de comentários maldosos, ameaças, intimidações e até chantagens.

Conflitos no mundo corporativo são frequentes e geram stress, mas é possível aprender a lidar com eles. Aliás, é obrigatório para quem quer chegar longe.

Uma pesquisa constatou que a capacidade de neutralizar as chamadas “pessoas tóxicas” negativas, invejosas, egoístas, dissimuladas ou trapaceiras  é característica de 90% dos executivos bem sucedidos. Se você é gestor e pode demitir essas pessoas, não hesite em fazer isso! Caso seja uma pessoa de muito talento e de grande importância para a empresa, sugiro que contrate os serviços de um Coach ou Mentor para realizar um trabalho de conscientização e autoconhecimento junto ao funcionário tóxico. O mais indicado é deixar bem claro as regras e valores que a empresa preza aos funcionários em geral e principalmente aos tóxicos.  Mas se você não tem autoridade para cortá-las, aqui vão algumas orientações para contornar as “pedras do caminho”.

A primeira é nunca entrar no jogo de quem provoca, não perder a linha nem usar táticas de defesa pouco éticas. Não se combate o mal fazendo o mal, mas fazendo o bem! O que se faz aos outros tem volta. Não é uma questão só de fazer o bem, mas também de entrar em sintonia com coisas positivas, para colher bons frutos. Quem é invejoso e ardiloso é, antes de tudo, infantil. Inveja, egoísmo ou desejo de detonar alguém são reflexos de uma psiquê mal formada. Freud dizia que a criança é perversa polimorfa, ou seja, de várias maneiras, e não entende o mal que faz ao outro. Essas pessoas não compreendem que com más atitudes colherão maus resultados.

Mantenha o profissionalismo sempre. Não se exalte e mostre que o colega não consegue tirar o seu controle. Ao ser atacado, exija respostas racionais e, quando o clima começar a ficar pesado, responda que vai encerrar a conversar e avaliar melhor a situação para retornarem em outro momento de forma mais madura. Quem é mal intencionado cedo ou tarde se revela diante de todos. Gente assim vive constantemente com raiva, pensa que o mundo lhe deve e não suporta a ideia de êxito dos outros. Mantenha distância máxima, para não acabar perdendo a capacidade de se defender e sofrer com insegurança e ansiedade.

Prefira a comunicação por e-mail. Se a pessoa distribui comentários maldosos por aí e parece ser “especialista” em julgamentos de valor, lembre-se que quem fala mal dos outros com você vai falar de você com os outros. Trate com ela apenas o necessário e evite assuntos pessoais. Procure sempre se comunicar por emails. Uma vez que as conversas ficarão registradas, ficará mais difícil ela envolver seu nome nas situações de forma equivocada.

A inveja é quase sempre a raiz desses problemas. Não abra espaço para um invejoso saber da sua vida, não conte suas vitórias nem se lamente perto dele. Não fale de suas realizações na empresa com ele por perto, deixe que seus superiores falem à equipe dos resultados do seu trabalho. A inveja é reflexo do sentimento de inferioridade e isso fará com que a pessoa se sinta ainda menor. Se for do tipo perigoso, irá tentar “puxar o seu tapete”. Esse é um assunto vasto. Termino por ora lembrando que nunca se deve esperar demais das pessoas. Não crie expectativas sobre quem não tem o que oferecer. Pessoas são o que são, e não o que você gostaria que fossem. Seja você uma referência de discrição, maturidade e profissionalismo. No mínimo você será uma um espelho para pessoas de bem.

COMO LIDAR COM UM COLEGA QUE USURPA AS SUAS IDEIAS

Não deixe passar muito tempo. Aja de imediato. Estes são os passos que deve seguir:

– Confronte-o com o sucedido, mas de forma não acusatória.

– Trate-o como colega e não como amigo.

– Use o humor e o sarcasmo. Agradeça-lhe por ter trazido a público a sua boa ideia.

– Proteja ou guarde documentos com ideias inéditas.

– Não abdique da ética pessoal e profissional.

COMO LIDAR COM UM COLEGA QUE ADORA A INTRIGA E CULTIVA O MAU HUMOR

Estas são as recomendações dos psicólogos:

– Demonstre um desagrado firme e assertivo.

– Trate-o com compaixão e cortesia, mas diga algo como «agora tenho de trabalhar».

– Não responda. Use o humor contando anedotas.

– No limite, evite o contato ou distancie-se se tiver uma relação próxima.

 

Desejo comportamentos assertivos a você.

 Coach Silmara

Click Ideal Equilíbrio

 

 

   

Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara

Silmara Regina Carlos – Educadora, Life Coaching ISOR®, Treinamento e desenvolvimento de pessoas. Palestrante abordando os temas: Desenvolvimento Pessoal, Qualidade de Vida e Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional. Especialista em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach – Instituto HOLOS – Certificação ICF International Coach Federation.