This page was exported from CLICK IDEAL [ http://clickidealequilibrio.com.br ]
Export date: Sat Dec 16 20:33:54 2017 / +0000 GMT

SOU MÃE E AGORA?




A vida com filhos muda completamente, não se restringe apenas ao casal, na realidade, a cabeça da mulher muda, dá um Salto Quântico; ela passa a enxergar o mundo com outros olhos. O casal vive em torno dos filhos e isso não pode ser negativo, tem que ser positivo e comedido. O equilíbrio é o caminho. Se você tem um parceiro que entende este novo ciclo, ponto para você. Isso faz toda a diferença na hora de dividir as tarefas e tomar a decisão de ficar em casa cuidando do bebê ou voltar a trabalhar.

O primeiro momento é o do encantamento, o casal fica anestesiado e suas vidas são totalmente voltadas ao novo membro da família. Depois com o tempo, vem à fase das descobertas, das incertezas de saber se está fazendo tudo certo. Surge milhões de dúvidas quanto ao processo de cuidado. Até que chega a hora de voltar a trabalhar, acaba a licença a maternidade. E agora? Volto a trabalhar? Fico em casa e cuido do meu bebê? Socorro!

 Esta decisão talvez seja a mais importante na vida de qualquer mulher que decide ser mãe. Não sei qual é a sua situação. Qual o caminho que você escolheu seguir. Mas tenho certeza que o mais importante não é o destino, e sim, como você irá percorrer este caminho. Tendo a consciência que toda escolha resulta em perdas e ganhos e cabe a nós, saber avaliar e tirar proveito de cada momento e situação.

Às mamães que não podem ou não puderam ficar com os seus filhos por mais tempo, não precisam sentir-se culpadas. O importante é estar “presente” nos momentos que você e o seu bebê estiverem juntos.  Eles perceberão o seu amor e dedicação. Apenas não permita que outros eduquem seus filhos, e sim, apenas cuidem deles enquanto você vai à luta diária. Com uma boa administração você consegue ser feliz e mãe.

 

Quanto às mamães que optaram a se dedicar a criação de seus filhos: meus parabéns!  Sua escolha foi feita, e com equilíbrio, tudo vai se encaixar, você será mãe e feliz.

O papel de “ser mãe” é muito importante e prazeroso, mas não é a única coisa que existe. Você também tem outras áreas da vida como ser esposa, amiga, filha, seu relacionamento com Deus e até mesmo, uma vida profissional.

O fato de você estar em casa com os seus filhos, não te impede de ter uma vida profissional, você pode ter um negócio próprio ou trabalhar em casa. Eu tenho o meu Blog que existe para ajudar mulheres como você e também planejo muitas outras inovações, ele é só o começo.  O importante é você ampliar a sua Visão de Mundo, perceber que existe vida lá fora e uma ferramenta que facilita a sua vida é o computador. A Globalização te conecta com o mundo, possibilitando inúmeros contatos e negócios que são remunerados.

Não prometo de início ganhos expressivos e nem um caminho fácil a ser seguido, e sim, uma maneira de você canalizar e direcionar a sua energia para os resultados. Mostrar que “ser mãe” não é o seu único papel, despertar a líder que existe dentro de você. Toda mulher nasce líder, consegue administrar a casa, filhos, muitas têm dupla e tripla jornada e sempre estão prontas a ajudar. Acabo de me lembrar de um trecho que li no livro "Mulheres sem Script", escrito pela Natércia Tiba:

“Sou mulher e carrego o mundo nas costas por natureza. Quero ser mulher sem culpa.

Ser uma boa esposa, mas ser amante sempre. Ser uma boa mãe, mas poder enlouquecer de vez em quando.”

 Nós, que hoje somos mães, carregamos modelos de “maezonas”, cuidadoras e dedicadas, mas da mesma forma, modelos de “mulheres batalhadoras”, que passam a ser também provedoras para a família. A qual desses modelos somos leais? Acredito que aos dois. Nosso grande desafio é conciliar todos os papéis: esposa (namorada, noiva), mulher, filha, irmã, mãe... Não é nada fácil!

Deixo a seguir uma ferramenta importante sobre empreendedorismo e autoconhecimento, ela poderá te auxiliar nesta nova jornada.SAIBA MAIS CLICANDO NO LINK

 

 

CLICK AQUI E DESCUBRA NOVOS CAMINHOS A SEGUIR

 

 

 

Termino o artigo com uma reflexão:

"Para cada um o encontro ocorre de uma forma.  Não existe um “nós” igual ao outro. Nos momentos de crise, quando entramos num alto grau de sofrimento, podemos nos desestruturar ou podemos nos reorganizar".  Qual é a sua escolha?

O caminho para a felicidade está dentro de você

Coach Silmara

 Você pode gostar de ler também:

 

 


Post date: 2017-11-22 17:59:07
Post date GMT: 2017-11-22 17:59:07
Post modified date: 2017-11-22 18:32:13
Post modified date GMT: 2017-11-22 18:32:13

Powered by [ Universal Post Manager ] plugin. MS Word saving format developed by gVectors Team www.gVectors.com