O Melhor de mim!

Este texto é para você, mulher, que quase não tem tempo para si própria…

Alguma vez você se sentiu tão exausta, ao ponto de sua mente esgotar, de deitar-se num sofá e “apagar”? Imagino que sim.

E, quando isso aconteceu, você refletiu sobre o que causou esse esgotamento? Imagino que não…. Apenas continuou a viver, da mesma forma, no mesmo ritmo.

O que pode ter ocasionado? E por quê? Se você concordar com minha análise é porque, em algum momento, nossa história se assemelha…. Assim como a de muitas mulheres.

Provavelmente você é aquela mulher determinada, cheia de desafios profissionais, somados a uma casa para cuidar, com filhos e família que precisam de você. Você tem uma vida agitada, agenda apertada e ainda atende a todos os que precisam de você com amor e dedicação. Muitos olhos te admiram, sua carreira cresce, sua família tem tudo o que necessita, você é um orgulho e inspiração para muitos.!

Você aprecia tudo isso, mas dentro de você existe um vazio, algo que não a deixa descansar…. Sua cabeça não para, seu corpo dói e quase todas as noites acontece a mesma coisa: lá pelas 3 horas da manhã você acorda e não consegue mais dormir.

Amanhece o dia, tudo se repete e você sente que não vai dar mais conta. Sua profissão gera demanda, você se esforça para atendê-las e acaba repetindo a rotina diária. Só que hoje sente-se diferente…. Algo aconteceu e você não aguenta mais: o estresse tomou conta, você nem sente que dirigiu de volta para casa. Entra, se joga no sofá e tudo o que mais quer é não falar…. Você se deu conta de que chegou ao seu limite.

E agora, o que fazer? Tudo o que vem à mente gera mais angústia e você está cansada. Pensa: amanhã será melhor, mas no dia seguinte o ciclo se repete…

Talvez muitos ainda não entendam o que está acontecendo: isso é reflexo da VIDA MODERNA que a mulher assumiu viver. Muitas coisas maravilhosas aconteceram e que as empoderaram ainda mais, mas a dinâmica dos afazeres, a quantidade de coisas que ficam sob sua responsabilidade, essas não mudaram. A mulher só assumiu mais atividades e não delega outras. É fato que a sociedade está em transformação, mas ainda leva tempo para modificar-se. Trata-se de uma questão cultural e de quebra de paradigmas que precisam ocorrer. Muitos homens estão adaptando-se a esta nova estrutura familiar e ao novo modelo de esposa, como dito, as gerações estão se ajustando, mas ainda não mudaram. Por isso, os papeis sociais e as responsabilidades ainda não estão bem definidos.

Até que a sociedade de transforme é preciso buscar o equilíbrio.  Um dos caminhos para passar por essas transições e estar pronta para viver um novo ciclo de vida é através de um especialista chamado coach. Procure esse profissional para conversar sobre isso, reveja sua rotina, planeje sua vida de forma que você a suporte, de verdade. Reúna seus familiares para conversar, diga como se sente, afinal toda ajuda é bem-vinda. Mas principalmente, JAMAIS abra mão de você! Cuide-se!

Afinal, como disse Clarice Lispector, “ o destino de uma mulher é ser mulher. ”
Autora:
Scheila S. Teston Ayres, é Psicóloga, Mentora &Coach, com Formação e Certificação Internacional Psychological Coaching & Holomentoring® ISOR® e The Coaching Clinic ® I e II – Corporate Coach U.

Fonte: http://www.holos.org.br/blog/

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
silmara on Bloggersilmara on Facebooksilmara on Googlesilmara on Instagramsilmara on Youtube
silmara
Silmara Regina Carlos - Empreendedora, Educadora, Coach, Redatora de conteúdo para as redes sociais. Administradora do blog: www.clickidealequilibrio.com.br e da Loja Virtual: www.lojaclickideal.com.br. Coautora do livro - Salto Quântico na Liderança. Trabalho com Marketing de Afiliados e o meu propósito é ajudar mulheres a encontrarem seus verdadeiros caminhos para serem felizes e realizadas com as suas escolhas. Especializada em Gestão de Pessoas, graduada em Pedagogia, Letras e Coach - Instituto HOLOS - Certificação ICF International Coach Federation.