Estresse – descubra como controlar o seu

Geralmente o estresse leva à compulsão por carboidratos, e geralmente os de alto índice glicêmico. Assim, o consumo descontrolado desse tipo de alimento aliado à produção do cortisol em alta escala acaba alterando os hábitos e o estado e saúde.

Quando estamos estressados nossa produção de cortisol aumenta. Assim, nosso organismo entende que deve preservar suas reservas (tecido lipídico), pois está passando por uma situação de “perigo”, começa a utilizar a massa muscular para gerar a energia dispensada, a frequência cardíaca aumenta, os níveis de insulina e outros hormônios se desregulam e assim começa uma cascata metabólica descompensada.

O cérebro, entendendo passar por uma situação de perigo, sinaliza a necessidade de ser compensado com glicose, gerando a compulsão alimentar pelos carboidratos de alto índice e que acabam aumentando ainda mais o processo inflamatório, aumentando a produção de insulina, gerando mais fome, mais aumento de peso e mais tecido lipídico.

BASICAMENTE procuramos carboidratos. Porque um organismo mal nutrido, mal alimentado, vive em desequilíbrio físico, mental e metabólico, nunca sinalizando estabilidade e equilíbrio bioquímico para o cérebro e assim, por toda a comunicação entre as células.

8 sinais de que o estresse está atrapalhando a alimentação saudável e, consequentemente, o emagrecimento:

  • Compulsão alimentar;

  • Fome do comer noturno;

  • Insônia;

  • Distinção abdominal, flatulência;

  • Falta de energia;

  • Falta de memória;

  • Alteração hormonal;

  • Baixa imunidade.

Alimentos que controlam o estresse

Alimentos ricos em magnésio, (castanha do para, grãos, cereais integrais);

  • Triptofano (iogurtes, aves, ovos, peixes);

  • Vitaminas do complexo B, (carnes, aves, ovos, grãos, peixes);

  • Beta itosterol (semente de abobora, abacate);

  • Acido fólico (vegetais verdes escuros, fígado, gérmen de trigo);

  • Omega 3, (peixes, sementes, linhaça, chia);

  • Carboidratos de baixo índice glicêmico.

Evite

  • Nunca passe mais de 4 horas em jejum;

  • Evite consumir carboidratos isolados (sempre faça combinações com sementes ou proteínas);

  • Prefira os integrais;

  • Nunca se esqueça das fontes protéicas (carnes magras, ovos, grãos);

  • Não exclua nenhum grupo da sua alimentação principalmente os carboidratos;

  • Tenha sempre um punhado de sementes ou um pedaço de 25gr de chocolate amargo (70-80%) com você.

CRÉDITO:

Dra. Juliana Rossi Di Croce– Nutricionista (CRN 40228)

Clínica Equilibrio Nutricional

Tel.:(11) 2672-7300 | WhatsApp (11) 97334-9847

E-mail: equilibrio@equilibrionutricional.com.br

Site: www.equilibrionutricional.com.br

Você pode gostar de:

TÉCNICAS DE RESPIRAÇÃO PARA ELIMINAR A ANSIEDADE

 

 

 

   

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Dra Juliana on FacebookDra Juliana on InstagramDra Juliana on WordpressDra Juliana on Youtube
Dra Juliana
Dra. Juliana Rossi Di Croce
CRN 40228
Nutricionista formada pela Universidade Cruzeiro do Sul (CRN 40228).
Pós Graduada em Nutrição Ortomolecular com Extensão em Nutrigenômica – FAPES.
É Sócia Diretora da Clínica Equilíbrio Nutricional e Co- autora dos Livros: "Saúde & Sabor com Equilíbrio" - Receitas Infantis, “Saúde & Sabor com Equilíbrio” – Receitas Diet e Light Volumes I e II.